Viagem a Marrocos - Parte 1


Como prometido, aqui vai um resuminho da preparação da minha viagem a Marrocos.

Acho que já tinha comentado isso aqui, mas estas férias foram completamente espontâneas. Tínhamos visto há uns tempos uns programas na TV sobre Marraquexe e Essaouira e tínhamos ficado com vontade de lá ir. Por curiosidade, um dia o meu marido andava a ver preços na Ryanair e descobriu um voo muito barato precisamente para a data em que tínhamos marcado férias. A marcação foi quase imediata, com medo que o preço mudasse, como é frequente. E começou tudo aí.

Eu nunca tinha viajado na Ryanair e, pessoalmente gostei bastante. Os preços são bastante acessíveis e, se andarmos atentos, aparecem boas promoções. Para quem tem disponibilidade de datas, conseguem-se boas pechinchas.

Inicialmente, tínhamos pensado levar apenas bagagem de cabina (atenção ao tamanho da mala), mas, depois de refletirmos bem, e inclusive depois de já termos feito a mala e o checkin online, achamos melhor levar uma mala de porão. Esta decisão revelou-se excelente. O preço extra foi de cerca de 25€, mas permitiu-nos levar na mão a bolsa da máquina fotográfica que é bastante grande e trazer compras na mala de porão que de outra forma não poderiam ter sido feitas.

Quanto a formalidades antes da viagem, quase não há nenhuma. Basta um passaporte válido. E não se esqueçam de preencher o formulário de entrada à chegada ao aeroporto de Marraquexe (não esperem que vo-lo venham trazer, têm de pegar num dos papelinhos espalhados em diversos balcões). A moeda nacional é o dirham e corresponde a cerca de 0,09€.

A língua oficial em Marrocos é o árabe, apesar de que, o árabe marroquino é bastante diferente do árabe de outros países. No Sul do país fala-se berbere e há muitos dialetos. No entanto, o francês é falado por quase toda a gente, sendo a segunda língua do país. Se falarem francês, estão safos em quase todo o lado. Contudo, os Marroquinos são expeditos, especialmente em cidades mais visitadas por turistas, e há muita gente a falar inglês e espanhol. Em raras ocasiões, há também quem fale alemão e cheguei e encontrar quem falasse português.

A reserva do hotel foi feita também online. Optámos por ficar numa riad, bem no centro da Medina, primeiro porque queríamos passar pela experiência de uma verdadeira riad e depois porque geralmente ficam no centro e facilitam as deslocações. Fizemos uma pesquisa no Booking e, acabamos por escolher uma riad de preço médio, a Riad Lena. As riads costumam ser um pouco mais caras do que os hotéis, mas a experiência é inesquecível. Pessoalmente gostei bastante da riad onde fiquei, mas há outras mais baratas.



Como nunca tínhamos ido a Marrocos, o voo chegava à noite e tivemos medo de passar por uma má experiência logo no primeiro dia, mandámos um email para o hotel e pedimos que nos fossem buscar ao aeroporto. Correu tudo muito bem, espacialmente porque os táxis não entram no interior das ruelas da Medina e seria difícil encontrar a riad à noite. De qualquer forma, um táxi (petit taxi) do aeroporto até à Medina custa cerca de 70 dirhams (cerca de 7 euros), depois de discutir bastante o preço. Se optarem por um táxi como meio de deslocação, tenham em conta que, apesar de existirem taxímetros, estes praticamente não são usados. O preço que os taxistas apresentam é sempre inflacionado e deve ser bem discutido.


A primeira refeição foi feita na riad, depois de a encomendarmos por email antes da viagem. Não me arrependo de o ter feito, mas apenas porque não nos queríamos andar à noite à procura de onde comer. Os preços das refeições nas riads são altíssimos por isso, se puderem, comam noutro sítio.


Comer em Marraquexe fica bastante barato, para os nossos padrões. Para quem quer provar algo tipicamente marroquino, aconselho um tajine. Eu comi um tajine de frango excelente. O preço de um tajine ronda os 40 Dirhams (4 euros).

Comer na praça Jemaa-el-fna é uma experiência inesquecível. O preço varia bastante, mas há menus com os preços afixados. Apesar de ser um perigo para a saúde intestinal, não me arrependo de ter comido lá. Uma recomendação… se não forem muito cedo, evitem usar os talheres e prefiram comer à mão como verdadeiros marroquinos (se não querem que vos olhem de lado, comam com a mão direita). As louças e talheres têm tendência a ser lavadas sempre na mesma água.



Se preferem algo marroquino mas com o qual já estão familiarizados, comam um shwarma ou um chicha kebab. Há um lugarzinho excelente numa rua que parte da praça chamado Al Ahbab. Duas sandes enormes e deliciosas com verdadeiras batatas fritas para dois ficam por 50 Dirhams (5 euros).




Apetrechem-se de água quando andarem pela cidade. Uma garrafa de 1,5l custa 6 dirhams (0,6€) em qualquer loja ou café (desde que não seja um café para turista e servida à mesa). As outras bebidas não são baratas, especialmente se forem tomadas nos cafés da praça com varanda. Mas também é uma experiência que aconselho, especialmente ao cair da noite, quando as bancas da praça estão a ser montadas. Experimentem o Café de France ou o Glacier.


Não deixem de provar os sumos de laranja da praça Jmaa-el-fna. Custam 4 Dirhams (0,40€) e são dos mais deliciosos que já provei.


Se tiverem vontade de uma lambarice barata, provem um gelado (daqueles que se veem aqui nas feiras) a 20 Dirhams (0,20€).

Marraquexe é uma cidade diferente de todas as outras que visitei e tem muito mais para ver do que o que eu realmente vi. Aconselho vivamente a verem os Túmulos Sádidas e o Palácio Badia. Para uma verdadeira experiência marroquina, também podem ir ver uma mesquita e uma madraça. Atenção na mesquita, no entanto; na maior parte delas, os não muçulmanos não podem entrar. Não percam a Mesquita da Koutoubia. Apesar de não se poder entrar lá dentro, por fora é digna de uma visita.


Os souks são um labirinto de ruas infindável que tenta os possíveis clientes com tudo o que há. Apesar de difícil, a orientação nestes não é tão complicada como parece. No entanto, tentem fixar pontos de referência e não se desviar de um caminho definido, ou perdem-se pela certa. Tentem evitar aceitar ajuda de miúdos de rua que a oferecem, a menos que estejam verdadeiramente perdidos e não tenham outra solução. Estes, muito certamente, vão pedir-vos dinheiro. Mas, regra geral, os Marroquinos são um povo simpático e hospitaleiro, e há sempre gente séria que vos indicará o caminho.


Em Marrocos é possível comprar de tudo um pouco. Para conseguirem bons negócios, especialmente se quiserem comprar muita coisa, dividam as compras por diversas lojas. Por experiência própria, conseguirão gastar menos assim. Discutam sempre os preços que vos apresentam. Mas sejam razoáveis. Não apresentem valores estúpidos. Se o vendedor disser definitivamente não, pode voltar as costas e nunca mais fará o negócio convosco. Se a loja tiver preços afixados, é mais difícil conseguirem que vos baixem os preços, mas, pelo menos, têm pontos de referência.



Marraquexe, e Marrocos em geral, é um lugar excelente para comprarem especiarias. Se gostam de cozinhar, aproveitem, que vale bem a pena. Os preços variam consoante o vendedor e, tal como com tudo, há que regatear. No entanto, asseguro-vos de que é tudo bem mais em conta e muito melhor do que o que há por cá. Se já forem com uma ideia em mente do que querem comprar, vão vagueando pelas lojas. Contudo, não se mostrem demasiado interessados. Os marroquinos são fantásticos a detetar potenciais compradores e, sem nos darmos conta, já estamos dentro da loja a ver demonstrações e explicações sobre os variados produtos. Muitos dos lojistas chegam a fazer ofertas, especialmente às senhoras, portanto, se estiverem com paciência e forem simpáticos, podem acabar por trazer muitas coisinhas nos sacos.


Se quiserem fazer uma tatuagem de hena, o melhor lugar é a praça Jemaa-el-fna. Normalmente as senhoras andam com álbuns fotográficos com os preços de cada tatuagem. Mas atenção, estes estão demasiado inflacionados. Para terem uma ideia, eu paguei 20 dirhams pela tatuagem da mão e outros 20 pela da perna (depois de me terem pedido 80), o que corresponde a cerca de 2 €. Eu escolhi a hena vermelha e, apesar de esta durar muito menos, não aconselho mais nenhuma. A hena preta não é natural e pode provocar todo o tipo de alergias e inflamações de pele. Portanto, tenham cuidado e não arrisquem. Se quiserem voltar com a vossa tatuagem de hena vermelha ainda em condições, no entanto, e para a fazerem durar mais, deixem ficar a “crosta” o máximo de tempo possível na pele (independentemente do que vos disserem lá) e, depois de esta sair naturalmente, sempre que forem tomar banho ou lavar essa parte do corpo, apliquem uma camada de vaselina ou óleo corporal sobre ela para que a água e produtos escorram e não a aretirem, e, obviamente, não a esfreguem.


Quanto aos horários das lojas, lembrem-se de que o dia santo muçulmano é a sexta-feira, por isso é provável encontrarem muita coisa fechada nesse dia. À hora do almoço e até ao início da tarde, também há muita coisa fechada por causa do calor.


Quanto ao que levar, e isto é direcionado às meninas, que normalmente vão carregadas de malas, aconselho a levar pouco. Isto é, se não estiverem interessados em ir a locais chiques e em aproveitar a vida noturna, levem apenas o essencial.

Sendo um país muçulmano, Marrocos é ainda bastante conservador quanto à maneira de vestir, e os turistas com “pouca roupa” são quase sempre olhados de lado. Portanto, se não quiserem ser o centro das atenções, tentem ser o mais discretas possível. Prefiram T-shirts que tapem os ombros e calças ou saias abaixo do joelho. Não precisam de tapar a cabeça, mas levem sempre um lenço para ocasiões em que este pode ser preciso, como uma visita a uma mesquita. De qualquer forma, com o sol abrasador do verão, um lenço ou chapéu acaba por ser essencial.


Quanto a calçado, e isto até é estranho em mim, levem pouco. Marraquexe é uma cidade poeirenta e as ruas da Medina são sobretudo de terra batida ou calcetadas. Portanto, e como o melhor meio de deslocação (e mais barato) é mesmo a pé, aconselho um bom par de sapatilhas. Eu fiz quilómetros a pé, apenas usei táxi quando quis sair da Medina, e as minhas sapatilhas revelaram-se imprescindíveis. Portanto, meninas, não ocupem espaço desnecessário na mala com os vossos sapatinhos ou sandálias bonitos se não quiserem acabar com os pés sujos ou feitos num oito.

Para se deslocarem de cidade em cidade, há duas empresas de transportes: a CTM e a Supratours. A segunda foi recentemente adquirida pelo estado e é de longe melhor do que a primeira. Em Marraquexe, a central situa-se fora da Medina e é relativamente fácil de encontrar. Eu usei este meio de transporte na viagem até Essaouira e fiquei agradavelmente surpreendida.


E agora que já mencionei Essaouira, fico-me por aqui… por hoje. Amanhã, vou falar um bocadinho de Essaouira, para o caso de haver alguém interessado em ir lá.

Beijinhos.

16 comentários :

  1. Olá, ainda bem que já cá estás novamente!! E adorei este post :)

    Olha mandei-te um e-mail de resposta ao outro que mandaste, é sobre os cremes para hidratação de mãos e cutículas.

    *Bjs

    http://osviciosdaanacatarina.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. deliciei-me com as tuas fotos :) adorei...beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Que lugar incrível, sempre tive vontade de conhecer pois a cultura árabe é muito diversificada, somente viajei 1 vez ao México =( mas de qualquer maneira foi uma experiência inesquecível. Parabéns pela viagem. Já estou seguindo você e adoraria que pudesse seguir-me também. Beijos

    http://vernasunhas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. OLÁ! GOSTEI MUITO DE SEU BLOG. ACHEI ELE CRIATIVO E MUITO BONITO! PARABÉNS....
    POR ISSO ME SENTI MUITO MOTIVADA A TE SEGUIR.
    VOCÊ PODE RETRIBUIR?

    www.youtube.com/lbva21
    www.lupapodemulher.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pelo blog, muito lindo, adorei.

    ontendency.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Que imagens lindas! É uma imagem que sonho fazer há muito tempo!

    ResponderEliminar
  7. Gostava de ir lá, ainda não arranjei companhia!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. ViagensemMarrocos oferece rotas e tours em Marrocos de acordo com as suas necessidades ... serás bem-vindo ao deserto e compartiremos contigo a nossa arte de viver. A nossa empresa está localizada no deserto de Marrocos, formada por uma equipe com vasta experiência em turismo, para poder dar-lhe tudo o que você deseje durante a sua viagem através de um autentico Marrocos e especialmente na sua viajam através do deserto, onde você pode experimentar desde a paz absoluta nos seus maravilhosos pores- do- sol até desfrutar das aventuras mais emocionantes. Nós lhe oferecemos a possibilidade organizar rotas individuais ou em grupos, organizamos expedições em todo o país, bem como o turismo cultural, de solidariedade, de estudos, de desporto, de aventura, para atender você e tudo que deseje. Também temos alojamento em pleno deserto ou acampamento com Haimas. Marrocos é grande. Aonde você quer viajar? Você está claro sobre a sua viagem a Marrocos?

Nós podemos ajudar a planificar a sua viagem que lhe convém. Nos encarregaremos que desfrute de uma estadia memorável.

Oferecemos toda a ajuda que precise ao viajar por Marrocos: circuitos turístico, de aventura em 4x4, passeios com a família, caminhadas no deserto, tours por Marrocos ... Basta entrar em contacto connosco e nós vamos ajudá-lo em tudo para que a sua viagem a Marrocos seja sempre como sonhou.

    Web: www.ViagensemMarrocos.com

    E-mail: ViagensemMarrocos@gmail.com

    Téléfone: 00212 676 595 196

    ResponderEliminar
  9. Marrocos, mesmo aqui ao lado (de Portugal...), é diferente, conjugando de forma ímpar o mundo ocidental, mediterrânico e islâmico.

    No norte, cidades atulhadas de tudo: corrente de trânsito vinda sabe-se lá de onde, guias que são sempre os melhores e que têm um primo com uma loja que faz descontos e mulheres que escondem a sua beleza debaixo dos Cheches e Kaftan´s de todas as cores. Esplanadas com homens a beber chá de menta, religiosos, artesãos, polícias e pedintes se misturam. Com estes hábeis mercadores ninguém faz um bom negócio, mas a ideia é fazer o menos mal possível.

    Ao passar pelos vários trilhos do Atlas e chegando ao deserto, compreende-se o muito que o nada tem. Aprende-se que é nos grandes espaços que nos libertamos. No sul, as aldeias são feitas com o que a natureza fornece para permitir a sua construção, todas com a cor da terra que habitam, quer nos grandes espaços quer nas montanhas mais escarpadas. Junto aos rios encontramos mantos verdes, de beleza inigualável, autênticas dádivas para os pastores e agricultores: os oásis. Aldeões que não gostam de ser captados nas objectivas das máquinas, mas que convidam a beber um chá de menta nas suas humildes casas, estão sempre disponíveis para ajudar.
    Vemos dromedários, burros, paisagens imensas. A riqueza de um povo pobre que nos ensina a amar os seus costumes, o seu deserto, respeitar o que a natureza nos dá e onde se sente a escassez de certos recursos bem como a necessidade de os poupar. Um lugar onde ainda parece ser possível alguma intimidade com a nossa alma. A viagem é para ir ao encontro do nosso imaginário.
    O regresso é invadido por saudades de voltar a encontrar estas pessoas e paisagens... Inchallah (se Deus quiser).

    Somos uma agência que organiza e cria as próprias viagens. Em todas as viagens, a iniciar em Lisboa ou qualquer ponto em Marrocos, será sempre acompanhado por uma pessoa da nossa agência de Lisboa (líder), nunca um contacto local que não o conhece e vice-versa.
    Haverá um líder de viagem que é responsável por um grupo máximo de 6 pessoas. Cada viagem terá, no máximo, dois grupos de 6 companheiros de viagem e 2 líderes. Antes do início da viagem saberá quem é o líder do seu grupo, que vos irá acompanhar durante toda a viagem e que será o vosso ponto de ligação entre si e Marrocos.

    www.takinguthere.com
    https://www.facebook.com/takinguthere

    ResponderEliminar
  10. Viagens em marrocos oferece uma grande variedade de passeios marroquino incluindo passeios culturais, Desert Tours , Mountain Tours, Praia Tours e muito mais . o passeio de ônibus lotado e vêm ter um diferente aventura em seu lugar.viagens em marrocos , um familiar empresa de transporte convida você a explorar e experimentar Marrocos em um de nossos veículos 4×4. para mas informacoes contata-nos www.viagens-em-marrocos.com

    ResponderEliminar
  11. Viagens em marrocos oferece uma grande variedade de passeios marroquino incluindo passeios culturais, Desert Tours , Mountain Tours, Praia Tours e muito mais . o passeio de ônibus lotado e vêm ter um diferente aventura em seu lugar.viagens em marrocos , um familiar empresa de transporte convida você a explorar e experimentar Marrocos em um de nossos veículos 4×4. para mas informacoes contata-nos www.viagens-em-marrocos.com

    ResponderEliminar
  12. "Grande artigo e óptimo blog! Deixe aproveitar este seu espaço de comentários para apresentar Viagens em Marrocos.
    Somos uma equipa de especialistas em turismo por todo Marrocos. Planeamos viagens de sonho em Marrocos, passando por deserto, cidades, montanhas e oásis de uma beleza incrível.
    O nosso site é http://www.viagens-em-marrocos.com, e aí pode ver mais detalhes e ideias.
    Se estás a pensar em Marrocos, vem experimentar um dos nossos veículos 4x4 e conhecer os segredos mais escondidos.
    Obrigado.
    Omar"

    ResponderEliminar
  13. www.MaroccoEscursioni.com Nós organizamos viagens para o Marrocos para todos os gostos e orçamentos, de passeios de um dia com duração de até aguçar o apetite circuitos 10 dias para conhecer em profundidade. Temos até breaks em ambos os dias para escolher, e do tipo de acomodação ou cidades para visitar.

    Além disso, oferecemos o melhor serviço possível para que você possa desfrutar de suas férias em Marrocos: A ligação permanente com este país nos dá a oportunidade de manter contactos estreitos com os melhores revendedores e receptivo. Isso afeta uma grande proporção preço de viagens / qualidade ea capacidade de oferecer qualquer viagem como você quer. Nós nos adaptamos a você.

    Não perca a oportunidade de visitar Marrocos. Uma maneira de se aproximar de uma cultura nas proximidades e diferente ao mesmo tempo. Uma viagem no tempo que irá marcá-lo para a vida.

    ResponderEliminar
  14. "Marrakech Camel Trips"offers the best moroccan costum tours for singles..friends..families...If you are planning a vacation, Morocco is the best place to spend an unforgettable experience. Be sure your trip to Morocco will include a touch of guidance from Marrakech Camel Trips. If you have a dream of discovering exotic horizons, don’t hesitate to contact us. We will very happy to plan your next travel to Morocco as simple or as luxurious as you desire, suited to your budget and interests.

    "Marrakech Camel Trips" has a great experience in organizing trips in accordance with the budget of each person, as much individual as of groups, Join us o live and to share moments with nomad families in desert…



    With"Marrakech Camel trips"you can explore and enjoy all that Morocco has to offer, visiting the beautiful Atlantic coast, exploring the historic imperial cities,hiking the high Atlas mountains or camel trekking the sand dunes of the sahara and sleeping in the desert beneath a stunning canopy of stars in our traditional nomad bivouac camp.

    http://www.marrakech-camel-trips.com/

    ResponderEliminar
  15. Excelente guia para quem quer ir a Marrocos, Obrigada por partilhar todas as experiências vividas

    ResponderEliminar

Obrigada por passares por aqui! Deixa o teu comentário. Os comentários serão respondidos na mensagem onde foram colocados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...